sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Adeus, Setembro

Hoje, no último dia de Setembro, festejo o fim deste mês... Não quero parecer trágica, apenas acredito que, se algo não está bem, melhor que termine logo!

Setembro sempre foi um dos meus meses favoritos porque, com o término das chuvas, as temperaturas ficam bastante agradáveis e o sol volta a brilhar, diariamente, até o próximo Outono. Essa sensação de 'festa' fica evidente durante a Primavera e o Verão, nos convidando a praticar atividades físicas ao ar livre, a traçar novos caminhos a serem desbravados e a nos reunir, com familiares e amigos, apenas para celebrar o simples fato de estarmos vivos.

Todavia, iniciei este mês sofrendo o meu primeiro assalto, fato ainda perturbador para uma cidade considerada extremamente segura até alguns anos atrás. Infelizmente, além das dores de cabeça ocasionadas pelas perdas materiais, esse período também foi marcado pela existência de enfermidades que culminaram na morte de uma prima, bastante jovem, de forma tão triste que fica até difícil encontrar uma razão...

No entanto, aprendi que qualquer acontecimento negativo, por mais grave que seja, não deve ser capaz de turvar nossa visão a ponto de só enxergarmos coisas ruins ao nosso redor. Não posso dar aos problemas um valor maior do que eles realmente possuem, principalmente porque nos foi dada a graça de continuar nossas vidas mais fortes com as lições que aprendemos no dia a dia...

Desejo que Outubro chegue de mansinho, trazendo melhores acontecimentos, saúde e paz, para que possa deixar muitas saudades em todos! Adeus, Setembro! Bem vindo, Outubro!

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Capuccino e Chá Gelado

Ontem à tarde tive o imenso prazer de rever três pessoas muito especiais: dois colegas de profissão, com os quais divido alguns trabalhos - para minha sorte - além de uma graduanda na área de saúde, que teima em ser a quarta mosqueteira...

Não sei como a empatia surgiu de forma tão rápida e intensa entre quatro pessoas tão diferentes, com histórias de vida bastante distintas, como é o nosso caso!!! Apesar do pouco tempo que passamos trabalhando juntos, a amizade permanece muito forte, até hoje.

Como o nosso encontro tinha por objetivo a realização de um trabalho com o qual nos comprometemos, primeiro nos preocupamos em desempenhá-lo da melhor forma possível, para a nossa cliente. Logo após, nos reunimos em um café para saber quais as novidades que cada um tinha a contar, quais as expectativas para o futuro e, como pessoas diferentes que somos, decidimos brindar a vida com capuccino e chá gelado, como sempre, acompanhada de muitas risadas!!!

Para mim, foi um capuccino com gosto de amizade verdadeira, que nos acompanha desde os primeiros contatos e que permanecerá ao longo da vida... Amizade com liberdade suficiente para vibrar quando progredimos, para questionar e apontar quando erramos, para sorrir muito e fazer com que quaisquer chateações da vida profissional ou pessoal sejam esquecidas em poucos minutos...

Adorei revê-los, Anne, Jaque e Dudu... E que venham muitos outros capuccinos e chás gelados!!!       

Infarto

Infarto do miocárdio é a necrose de uma parte do músculo cardíaco causada pela ausência da irrigação sanguínea que leva nutrientes e oxigênio ao coração. É o resultado de uma série complexa de eventos acumulados ao longo dos anos, mas pode ser caracterizado pela oclusão das artérias coronárias em razão de um processo inflamatório associado à aderência de placas de colesterol em suas paredes.

O desprendimento de um fragmento dessas placas ou a formação de um coágulo de sangue, um trombo, dentro das artérias acarretam o bloqueio do fluxo de sangue causando sérios e irreparáveis danos ao coração (necrose do músculo cardíaco).

Sintomas

* Dor fixa no peito, que pode variar de fraca a muito forte, ou sensação de compressão no peito que geralmente dura cerca de trinta minutos;

* Ardor no peito, muitas vezes confundido com azia, que pode ocorrer associado ou não à ingestão de alimentos;

* Dor no peito que se irradia pela mandíbula e/ou pelos ombros ou braços (mais freqüentemente do lado esquerdo do corpo);

* Ocorrência de suor, náuseas, vômito, tontura e desfalecimento;

* Ansiedade, agitação e sensação de morte iminente.

Fatores de risco e prevenção

* Não há dúvida de que a melhor maneira de evitar o infarto é reduzir a exposição aos fatores de risco: fumo, obesidade, diabetes, hipertensão, níveis altos de colesterol, estresse, vida sedentária e/ou histórico pessoal ou familiar de doenças cardíacas.

* Assumir uma atitude mental confiante e positiva é um passo decisivo para a recuperação dos infartados. É importante deixar claro que pessoas que sobrevivem a um infarto e adotam estilos de vida saudável, em sua maioria, conseguem retornar à vida normal e reassumir suas atividades profissionais.

Recomendações

* Ao surgirem os primeiros sintomas, procure socorro imediatamente. Não dirija automóvel e evite andar ou carregar peso mesmo que a dor seja mínima;

* Se estiver com alguém que apresente sintomas de infarto por mais de dez minutos, não perca tempo: procure socorro urgente. Mantenha a pessoa aquecida e calma. Salvo orientação médica em contrário, não lhe dê coisa alguma para beber ou comer;

* Desde que a pessoa consiga engolir sem dificuldade e não seja alérgica ao medicamento, dê-lhe um comprimido de aspirina;

* Se a pessoa desfalecer, verifique sua respiração e seu pulso. Na ausência desses sinais vitais, inicie imediatamente os procedimentos adequados de recuperação cardiopulmonar, mantendo-os até que o socorro chegue. Não tente transportar a pessoa desfalecida, porque ela corre sério risco de morrer no caminho. Coloque-a em posição confortável, levemente inclinada, e afrouxe suas roupas;

* Não se iluda com a aparência de sintomas de azia intensa, pois eles podem indicar, na verdade, alterações cardíacas importantes;

* Transmita confiança ao infartado e evite entrar em pânico. Os primeiros socorros são fundamentais para salvar vidas.

terça-feira, 27 de setembro de 2011

O Vendedor de Jornais

Todos os dias, bem cedinho, passava por minha casa um jornaleiro muito franzino, aparentando ter mais ou menos dez anos de idade. Quando todos nós ainda estamos dormindo, ele já está nas ruas, gritando o nome de todos os jornais que tem para vender e até chega a cantar, com uma voz muito desafinada, para espantar a preguiça e quebrar a monotonia.

Durante dois anos, esta rotina foi cumprida com seriedade pelo pequeno vendedor de jornais. Quando chovia, o menino continuava seu trabalho, protegido da chuva apenas por velhos plásticos, que quase nada adiantavam. Se fazia sol, ele assobiava contente da vida e gritava mais alto as manchetes do dia.

Um dia, porém, o pequeno jornaleiro não apareceu. Passaram-se dias e todos já estavam sentindo a falta do jornaleiro, quando soubemos, então, que nunca mais ele venderia jornais, pois havia sido assassinado.

O pequeno jornaleiro foi cruelmente assassinado por um senhor de identidade desconhecida, porque o menino passava diante da casa deste senhor gritando o nome dos jornais. E este cidadão queria dormir com o máximo de silêncio, pois chegava em casa a altas horas da noite.

Esse foi o triste fim de um garoto que gostava de viver e que cumpria seu dever com seriedade.

Nota:
Escrevi esta redação (sim, era uma redação) aos 17 anos de idade e, por isso, decidi postar sem qualquer alteração.

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Tiramissu Tradicional

 

Ingredientes:

6 gemas de ovos
1 1/4 xícara (250 g) de açúcar
1 1/4 xícara (280 g) de queijo mascarpone
1 3/4 xícara (420 ml) de creme de leite
700 g de biscoito champanhe (aproximadamente 4 pacotes)
1/3 xícara (80 ml) de licor de café

Para a decoração:

1 colher (chá) de cacau em pó
25 g de chocolate meio-amargo

Modo de preparo

1. Ponha água na parte de baixo de uma panela de banho-maria. Na parte de cima, coloque as gemas e o açúcar. Depois que a água estiver fervido, abaixe o fogo e cozinhe as gemas por uns 10 minutos, mexendo constantemente. Tire do fogo. Com a ajuda de batedor de arame, bata as gemas até que fiquem mais espessas e mais claras.

2. Adicione o mascarpone às gemas e bata até incorporá-lo. Em uma outra tigela, bata o creme de leite até formar picos firmes. Misture delicadamente o creme de leite às gemas. Reserve.

3. Arrume a metade dos biscoitos champanhe na lateral e no fundo da tigela de vidro alta. Pincele-os com o licor de café. Ponha a metade do creme do tiramisu sobre os biscoitos champanhe. Faça uma outra camada com os biscoitos, pincele-os com o licor de café e por cima deles coloque mais uma camada do creme. A última camada do tiramisu deve ser feita com o creme.

4. Para decorar o tiramisu, polvilhe-o com o cacau em pó e as raspas de chocolate. Mantenha o tiramisu na geladeira por várias horas ou de um dia para o outro antes de servir.

Dica:

Para fazer as raspas de chocolate, use um descascador de legumes e passe-o sobre a parte lateral da barra de chocolate.

Saudades, Pai

Foto Tumblr

domingo, 25 de setembro de 2011

Um Dia de Domingo

Tim Maia

Eu preciso te falar
Te encontrar
De qualquer jeito
Pra sentar e conversar
Depois andar
De encontro ao vento
Eu preciso respirar
O mesmo ar que te rodeia
E na pele quero ter
O mesmo sol
Que te bronzeia
Eu preciso te tocar
E outra vez
Te ver sorrindo
Te encontrar num sonho lindo
Já não dá mais pra viver
Um sentimento sem sentido
Eu preciso descobrir
A emoção de estar contigo
Ver o sol amanhecer
E ver a vida acontecer
Como um dia de domingo
Faz de conta que
Ainda é cedo
Tudo vai ficar
Por conta da emoção
Faz de conta que
Ainda é cedo
E deixar falar a voz
do coração

sábado, 24 de setembro de 2011

Turismo Gastronômico no Brasil

Comer! Uma das grandes necessidades humanas (há quem não goste!) e fonte de prazer, alegria. O ato de comer passa cada vez mais a ser não só o suprimento de uma necessidade básica do ser humano, como também aquela boa desculpa para reunir os amigos, ou até mesmo, fazer aquela tão sonhada viagem.

Isso mesmo! O turismo gastronômico no Brasil vem crescendo cada vez mais e já faz parte da economia brasileira, gerando mais de 51% de empregos diretos no país. A culinária brasileira é riquissima, pois conta com a influência de culinárias do mundo todo, devido nossa vasta gama de colonizadores, de raízes. Realmente, o Brasil é a “terra das oportunidades”.

Fazendo um turismo gastronomico pelo Brasil, nós encontramos na região norte do país uma culinária muito vinda da terra, com frutas exóticas e doces exóticos. Aqui contamos com uma forte influência indígena, e muitos pratos feitos a base de peixe e outros frutos do mar. Não deixe de provar o famoso açaí, ou o bombom de cupuaçu, se você estiver pelo Pará ou Amapá, assim como o mugunzá, ou o pato no tucupi e o tacacá.

Visitando a região vizinha, o nordeste, nada como o coco verde, ou até mesmo o famoso mamão formosa que você pode degustar com gosto em Fortaleza, no Ceará. Comidas fortes e muito bem temperadas marcam a herança dos negros e escravos e também a colonização portuguesa. O vatapá e o acarajé baiano, pedido quente, é para aqueles que já estão acostumados com a pimenta. Cuidado! Não deixe de experimentar a macaxaxeira, a carne de sol, o vatapá. Se você tem estômago forte, arrisque-se numa panelada ou buxada de bode tipicamente nordestina.
Na região centro-oeste, no serrado, você pode se deliciar com as cachaças sertanejas, o arroz com pequi e a manteiga da terra. Para quem gosta de milho, não deixe de experimentar a pamonha e o curral feitos pelo povo goiano. Uma delicia!

No sudeste, temos a feijoada, o virado paulista e o famosos pão de queijo mineiro, um escândalo de delicioso. A região também é conhecida por fazerem um cafezinho incomparável.

E por fim, mas não menos importante, a região sul é riquissima por sua colonização europeia, a base de vinhos, cucas alemãs, doces artesanais, compotas, chimias e geléias. Sem falar no delicioso churrasco gaúcho e no feijão tropeiro, acompanhado de arroz carreteiro. Em Curitiba não deixe de experimentar o famoso barreado.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Primavera

Hoje se iniciou a Primavera, a estações mais colorida do ano, posterior ao Inverno e anterior ao Verão, sendo chamada de "Primavera Boreal", no hemisfério norte, onde dura de 21 de Março a 21 de Junho e de "Primavera Austral", no hemisfério sul, onde localiza-se o Brasil, ocorrendo entre 23 de Setembro e 21 de Dezembro com temperaturas bastante agradáveis.

O frio faz com que as plantas hibernem durante o Inverno e, quando chega a Primavera, elas florescem, mostrando toda a sua beleza, cores e perfumes, numa sinfonia bastante exuberante. Neste período também ocorre a reprodução de diversas espécies de árvores e plantas, como ipês, flamboyants, lírios, jasmins, orquídeas, rosas, violetas, dentre outras.

Como seres humanos que somos, sentimos as mudanças das estações, com maior ou menor intensidade, dependendo do grau de sensibilidade de cada um, tanto que ficamos mais fechados no Inverno ao passo que, durante o Verão, nos sentimos mais alegres e felizes.

Mantivemo-nos aquecidos durante o Inverno aguardando o frio passar e, com toda essa profusão de cheiros e perfumes, é época de viver, amar e ser feliz. Não estou dizendo que, com a Primavera, o amor chegará para quem está sozinho, mas que o período é propício para aproveitar melhor a vida.

A Primavera traz renovação... Renovação na alma, renovação de antigos conceitos, renovação dos nossos anseios, renovação da nossa esperança... É época de sair de casa, rever os amigos, celebrar mais “uma primavera”, como costumamos dizer quando alguém celebra aniversário.

Então, sejamos como as flores, que ficam mais belas e exuberantes com a chegada da Primavera, ofuscando as belezas artificiais que o homem tanto luta para construir. 

P.S.:
Acabei de criar o meu blog, este é o meu primeiro post, estou super feliz!!! :)