terça-feira, 30 de abril de 2013

I Love You Baby

Oba Oba Samba House 

Tudo o que eu queria era ouvir você dizer,
I love you baby, I love you baby


Você tem um jeito meigo, doce todo especial
Que me deixa alucinado, louco, fora do normal
Na balada tem um jeito próprio que me faz tão bem
Eu queria ter você, sem dividir com mais ninguém
Sou um cara de família, muito bem criado
Sou um bom partido, bem remunerado
Você diz que não, não dá condição
Fiz um samba house pra tocar seu coração


Tudo o que eu queria era ouvir você dizer,
I love you baby, I love you baby (4x)


E se não tiver um tempo pra nós, um jeito de me entender
Eu vou procurar, em outros lençóis, alguém pra me dar prazer
Mas meu sonho nunca vai deixar de ser
Mil e uma noites junto com você
Mas meu sonho nunca vai deixar de ser você


Tudo o que eu queria era ouvir você dizer,
I love you baby, I love you baby (4x)

domingo, 28 de abril de 2013

Parabéns, Mãe ;)

Soneto de Aniversário

Passem-se dias, horas, meses, anos
Amadureçam as ilusões da vida
Prossiga ela sempre dividida
Entre compensações e desenganos.
Faça-se a carne mais envilecida
Diminuam os bens, cresçam os danos
Vença o ideal de andar caminhos planos
Melhor que levar tudo de vencida.
Queira-se antes ventura que aventura
À medida que a têmpora embranquece
E fica tenra a fibra que era dura.
E eu te direi: amiga minha, esquece...
Que grande é este amor meu de criatura
Que vê envelhecer e não envelhece.

Vinícius de Moraes

sábado, 27 de abril de 2013

Coisas de Ana Luiza

Uma das manicures do salão que frequento foi mãe muito jovem, fato que se repetiu com a sua filha – ambas foram mãe aos 15 anos, fato que se repete na família delas há quatro gerações – e, quando ela precisava sair com neta, sempre lhe perguntavam:

- É a sua filha?
- Não, sou a avó dela – repetia, com apenas 31 anos

E Ana Luiza cresceu ouvindo, sempre, a mesma pergunta e resposta:

- É a sua filha?
- Não, sou a avó dela.

Outro dia, Ana Luiza chega ao salão para buscar a sua avó e diz:

- 'Avó dela', eu vim com vovô lhe buscar – disse, de forma inocente.

Como eu estava sendo atendida pela outra manicure, perguntei, curiosa com aquela expressão que havia escutado:

- Como foi que Ana Luiza acabou de te chamar, Adriana?

Adriana riu e contou a história acima, explicando que, de tanto ouviu que ela era a ‘avó dela’, achou que aquele era a forma correta de chamar a sua avó.

Foi assim que o salão inteiro pôs-se a rir da ingenuidade de Ana Luiza, ao mesmo tempo que comentávamos como é complicado para uma criança de apenas 5 anos entender que a sua avó é tão jovem quanto a mãe de muitos amiguinhos seus.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Escolha a Sua Flor


Total Eclipse Of The Heart

Bonnie Tyler 

(Turn around)
Every now and then, I get a little bit lonely
And you're never coming round


(Turn around)
Every now and then, I get a little bit tired of
Listening to the sound of my tears


(Turn around)
Every now and then,
I get a little bit nervous that the best of all the years have gone by


(Turn around)
Every now and then,
I get a little bit terrified and then I see the look in your eyes


(Turn around, bright eyes)
Every now and then, I fall apart
(Turn around, bright eyes)
Every now and then, I fall apart


(Turn around)
Every now and then,
I get a little bit breathless and I dream of something wild


(Turn around)
Every now and then,
I get a little bit helpless and I'm lying like a child in your arms


(Turn around)
Every now and then,
I get a little bit angry and I know I've got to get out and cry


(Turn around)
Every now and then,
I get a little bit terrified
But then I see the look in your eyes


(Turn around bright eyes)
Every now and then I fall apart


(Turn around bright eyes)
Every now and then I fall apart


And I need you now tonight
And I need you more than ever
And if you only hold me tight
We'll be holding on forever
And we'll only be making it right
'cause we'll never be wrong
Together
We can take it to the end of the line
Your love is like a shadow on me all of the time
(all of the time)
I don't know what to do and I'm always in the dark
We're living in a powder keg and giving off sparks


I really need you tonight
Forever's gonna start tonight
(Forever's gonna start tonight)


Once upon a time, I was falling in love
But now, I'm only falling apart
There's nothing I can do
A total eclipse of the heart


Once upon a time, there was light in my life
But now, there's only love in the dark
Nothing I can say
A total eclipse of the heart


(Turn around, bright eyes)
Every now and then, I fall apart
(Turn around, bright eyes)
Every now and then, I fall apart


And I need you now tonight
And I need you more than ever
And if you'll only hold me tight
We'll be holding on forever
And we'll only be making it right
'cause we'll never be wrong
Together
We can take it to the end of the line
Your love is like a shadow on me all of the time
(all of the time)
I don't know what to do and I'm always in the dark
We're living in a powder keg and giving off sparks


I really need you tonight
Forever's gonna start tonight
(Forever's gonna start tonight)


Once upon a time, I was falling in love
But now, I'm only falling apart
There's nothing I can say
A total eclipse of the heart
A total eclipse of the heart
A total eclipse of the heart
A total eclipse of the heart


(Turn around, bright eyes)