quarta-feira, 28 de setembro de 2016

Rubem Alves

Era prazer? Era.
Mas era mais que prazer. Era alegria.
A diferença? O prazer só existe no momento.
A alegria é aquilo que existe só pela lembrança.
O prazer é único, não se repete.
Aquele que foi, já foi. Outro será outro.
Mas a alegria se repete sempre.
Basta lembrar.

sábado, 17 de setembro de 2016

So Nice

Olivia Ong 

Someone to hold me tight
That would be very nice
Someone to love me right
That would be very nice
Someone to understand
Each little dream in me
Someone to take my hand
And be a team with me

So nice, life would be so nice
If one day I'd find
Someone who would take my hand
And samba through life with me

Someone to cling to me
Stay with me right or wrong
Someone to sing to me
Some little samba song
Someone to take my heart
And give his heart to me
Someone who's ready to
Give love a start with me

Oh yeah, that would be so nice
I could see you and me, that would be nice

Someone to hold me tight
That would be very nice
Someone to love me right
That would be very nice
Someone to understand
Each little dream in me
Someone to take my hand
To be a team with me
So nice, life would be so nice
If one day I'd find
Someone who would take my hand
And samba through life with me

Someone to cling to me
Stay with me right or wrong
Someone to sing to me
Some little samba song
Someone to take my heart
And give his heart to me
Someone who's ready to
Give love a start with me

Oh yes, that would be so nice
Shouldn't we, you and me?
I can see it will be nice...

quarta-feira, 14 de setembro de 2016

Vem Chegando a Primavera





Fotos Pinterest

O clima mais ameno está se despedindo e, com o calor de volta, nada melhor do que uma roupa leve e confortável para passear com a família nos finais de semana, não é???

domingo, 11 de setembro de 2016

Aventura

Eduardo Dusek 

Vi seu olhar
Seu olhar de festa
De farol de moto
Azul celeste
Me ganhou no ato uma carona pra lua

Te arrastei
Estradas, desertos
Botecos abrindo e a gente rindo
Brindando cerveja
Como se fosse champanhe

Todos faróis me lembram seu olhos
Durmo a viajar entre lençóis
Seu corpo fica a dançar
No meio do nosso jantar
Luz de velas

Aventurar por toda cidade
A te procurar
Todos lugares
Pintam ciúmes na mesa de um bar
Mas você sente a começa a brincar
Diz: Fica frio, meu bem, é melhor relaxar
Palmeira no mar

quarta-feira, 7 de setembro de 2016

Que Deus Abençoe

Foto Google

Salve, Salve, 07.09.2016

Foto Google 


(Letra: Joaquim Osório Duque Estrada; Música: Francisco Manuel da Silva)

Parte I

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas
De um povo heróico o brado retumbante,
E o sol da liberdade, em raios fúlgidos,
Brilhou no céu da pátria nesse instante.

Se o penhor dessa igualdade
Conseguimos conquistar com braço forte,
Em teu seio, ó liberdade,
Desafia o nosso peito a própria morte!

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, um sonho intenso, um raio vívido
De amor e de esperança à terra desce,
Se em teu formoso céu, risonho e límpido,
A imagem do Cruzeiro resplandece.

Gigante pela própria natureza,
És belo, és forte, impávido colosso,
E o teu futuro espelha essa grandeza.

Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

Parte II

Deitado eternamente em berço esplêndido,
Ao som do mar e à luz do céu profundo,
Fulguras, ó Brasil, florão da América,
Iluminado ao sol do Novo Mundo!

Do que a terra, mais garrida,
Teus risonhos, lindos campos têm mais flores;
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida no teu seio mais amores.

Ó Pátria amada,
Idolatrada,
Salve! Salve!

Brasil, de amor eterno seja símbolo
O lábaro que ostentas estrelado,
E diga o verde-louro dessa flâmula
Paz no futuro e glória no passado.

Mas, se ergues da justiça a clava forte,
Verás que um filho teu não foge à luta,
Nem teme, quem te adora, a própria morte.

Terra adorada,
Entre outras mil,
És tu, Brasil,
Ó Pátria amada!
Dos filhos deste solo és mãe gentil,
Pátria amada,
Brasil!

Canção do Exílio

"Minha terra tem palmeiras,
Onde canta o Sabiá;
As aves, que aqui gorjeiam,
Não gorjeiam como lá.

Nosso céu tem mais estrelas,
Nossas várzeas têm mais flores,
Nossos bosques têm mais vida,
Nossa vida mais amores. (...)”

Gonçalves Dias

sábado, 3 de setembro de 2016

Chuva de Prata

Gal Costa 

Se tem luar no céu
Retira o véu e faz chover sobre o nosso amor

Chuva de prata que cai sem parar
Quase me mata de tanto esperar
Um beijo molhado de luz
Sela o nosso amor

Basta um pouquinho de mel pra adoçar
Deixa cair o seu véu sobre nós
Oh, lua bonita no céu
Molha o nosso amor

Toda vez que o amor disser "vem comigo"
Vai sem medo de se arrepender
Você deve acreditar no que é lindo
Pode ir fundo!
Isso é que é viver!

Cola seu rosto no meu, vem dançar
Pinga seu nome no breu pra ficar
Enquanto se esquece de mim
Lembra da canção

Toda vez que o amor disser "vem comigo"
Vai sem medo de se arrepender
Você deve acreditar no que eu digo
Pode ir fundo!
Isso é que é viver!

Chuva de prata que cai sem parar
Quase me mata de tanto esperar
Um beijo molhado de luz
Sela nosso amor
Enquanto se esquece de mim
Lembra da canção
Oh, lua bonita no céu
Molha o nosso amor

sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Rústico? Nem Tanto...





Fotos Pinterest

Eu gosto muito do uso democrático do tijolo aparente na decoração, ainda mais se for feito uma dosagem do despojado tijolo com móveis mais clássicos ou com decoração mais clean...

domingo, 28 de agosto de 2016

Kangaroo Court

Capital Cities 

Here's a dark part of town where the girls get down
And I cannot wait for a chance to go, wait for a chance to go
Got my bad luck shoes and every excuse to dance these blues away
Ain't coming home, I ain't coming home

Shut up, shut up, shut up
Sit up, sit up, sit up
It's a kangaroo court
A kangaroo court
Shut up, shut up, shut up
Sit up, sit up, sit up
It's a kangaroo court
A kangaroo court

In a dusty room I've come to assume
That I've been doomed to lose my mind tonight
Too weak to fight
So I tried to save face and I rest my case
The judge pulls me aside said c'est la vie
Let your darker side come out to feed

Shut up, shut up, shut up
Sit up, sit up, sit up
It's a kangaroo court
A kangaroo court
Shut up, shut up, shut up

Sit up, sit up, sit up
It's a kangaroo court
A kangaroo court

All rise, I can't do sexy (ha, ha, ha)

I commit the crime of wasting time
Always trying to rhyme
Yes, I am guilty
But don't misunderstand me
I admit defeat, then I move my feet
My history will never be repeated
I won't ever be repeated

Shut up, shut up, shut up
Sit up, sit up, sit up
It's a kangaroo court
A kangaroo court
Shut up, shut up, shut up
Sit up, sit up, sit up
It's a kangaroo court
A kangaroo court

Shut up, shut up, shut up
Sit up, sit up, sit up
It's a kangaroo court
A kangaroo court
Shut up, shut up, shut up
Sit up, sit up, sit up
It's a kangaroo court
A kangaroo court

sábado, 27 de agosto de 2016

Bombay O'Clock

Foto: Waldemir Filetti - Reprodução 

Ingredientes 

25 mililitros (ml) de suco de shissô (erva japonesa, à venda em lojas de produtos orientais)
20 mililitros (ml) de xarope de chá Earl Grey
20 mililitros (ml) de suco de limão siciliano
1 clara de ovo
2 gotas de essência de baunilha
1 pitada de cúrcuma
50 mililitros (ml) de gim 

Modo de preparo 

Coloque todos os ingredientes em uma coqueteleira e misture com um mexedor. Adicione 10 pedras de gelo. Feche a coqueteleira e bata por 1 minuto.

Abra a coqueteleira e separe a mistura líquida do gelo. Bata o drinque novamente por mais 2 minutos. Use um coador de ferro para despejar a bebida em duas xícaras de café. Polvilhe uma pequena quantidade de açúcar por com cima e doure a superfície com um maçarico.

Esta receita, da bartender Mafer Tejada, encontrei neste site aqui :)

Para quem ainda não conhece, a bartender mexicana Maria Fernanda Tejada Zuzuarregui, ela abandonou o curso de arquitetura e brilhou em cidades como Paris, Berlim e Budapeste. Após, voltou ao México, onde trabalha no Limatour, um dos melhores bares da Cidade do México.

terça-feira, 16 de agosto de 2016

Le Vent Nous Portera

Sophie Hunger 

Je n'ai pas peur de la route
Faudrait voir, faut qu'on ecoute
Des meandres au creux des reins
Et tout ira bien la
Le vent nous emportera

Ton message a la grande ourse
Et la trajectoire de la course
Un instantane de velours
Meme s'il ne sert a rien va
Le vent l'emportera
Tout disparaitra mais
Le vent nous portera

La caresse et la mitraille
Et cette plaie qui nous tiraille
Le palais des autres jours
D'hier et demain
Le vent les emportera

Genetique en bandouillere
Des chromosomes dans l'atmosphere
Des taxis pour les galaxies
Et mon tapis volant lui
Le vent l'emportera
Tout disparaitra mais
Le vent nous portera

Ce parfum de nos annees mortes
Ce qui peut frapper a ta porte
Infinite de destins
On en pose un et qu'est-ce qu'on en retient?
 Le vent l'emportera

Pendant que la maree monte
Et que chacun refait ses comptes
J'emmene au creux de mon ombre
Des poussieres de toi
Le vent les emportera
Tout disparaitra mais
Le vent nous portera